Almirante Tamandaré contará com uma das 16 unidades modelo padrão da Escola Técnica Profissionalizante que serão construídas no Paraná. No município, a construção já esta em fase bastante adiantada e a previsão é de que no segundo semestre do próximo ano já possa abrigar os alunos.  Com capacidade para 1.200 alunos, a escola será referência para Curitiba e região metropolitana, oferecendo cursos profissionalizantes de nível médio.

A obra faz parte das ações propostas pelo programa Brasil Profissionalizado, do governo Federal, que visa fortalecer as redes estaduais de educação profissional e tecnológica. A iniciativa repassa recursos da União para que os estados invistam em suas escolas técnicas. O Programa possibilita a modernização e a expansão das redes públicas de ensino médio integradas à educação profissional, uma das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). O objetivo é integrar o conhecimento do ensino médio à prática.

Para o desenvolvimento dos cursos, o governo do Estado fez um levantamento diagnóstico para entender sobre as necessidades e demandas da região. Segundo secretaria de Estado da Educação, a Escola Técnica Profissionalizante deverá oferecer cursos como Técnico em Química, Técnico em Meio Ambiente e Segurança do Trabalho.

A entidade mantenedora da instituição será o governo do Estado. Os profissionais serão destinados pelo Estado e os cursos serão gratuitos. Os cursos são de nível médio, mas, tanto terá oportunidade de cursar a Escola Técnica os alunos que concluíram o 9º ano do Ensino Fundamental quanto os estudantes que concluíram ensino médio. Neste último caso, o curso terá um ano ou um ano e meio de duração, conforme especialidade.

Com capacidade para 1.200 alunos, a escola será referência para Curitiba e região metropolitana

Com capacidade para 1.200 alunos, a escola será referência para Curitiba e região metropolitana